Sobre o artista


 Exposição de Uma Expedição Humana

 

“…Toda arte é abstrata…” Desde 1996 Alexandre dedica-se exclusivamente à criação artística. Suas obras nos tomam de assalto, o percurso do gesto em curvas causa contrastes constantes, necessários ao delineamento da imagem. Essências concentradas são pródigas quando se libertam, nas pinturas e desenhos, projeto e obra se confundem e se provocam , tanta riqueza faz do conjunto uma alegoria da simplicidade.

“ …Meu trabalho se inicia em um fundo preto…” O artista constrói cada tela, cada peça, cada textura como texto, literatura que conta estória, encena um drama, encerra uma moral. Para degustar a obra é preciso não se apressar, mas se demorar, acompanhando as curvas e volutas, conturbada superfície em movimento, percurso de linhas recurvadas, mais longo e tortuoso caminho barroco.

Luzes sobre a invisibilidade do simples denotam a singularidade humana. Na obra de Alexandre Fiúza uma força maior rende evidência e nitidez, força presente em todo gesto linguageiro original.

 

 Bárbara Guatimosim

Janeiro/2012